Arquidiocese de
 São Paulo
Região Episcopal de Santana
Paróquia Nossa Senhora da Anunciação
A Virgem Maria realiza, da maneira mais perfeita, a obediência da fé. Na fé, Maria acolheu o anúncio e a promessa trazidos pelo anjo Gabriel, acreditando que "nada é impossível a Deus" (Lc 1,37) e dando seu assentimento: "Eu sou a serva do Senhor; faça-se em mim segundo a tua palavra" (Lc 1,38). Isabel a saudou: "Bem-aventurada a que acreditou, pois o que lhe foi dito da parte do Senhor será cumprido" (Lc 1,45). É em virtude desta fé que todas as gerações a proclamarão bem-aventurada.

Esse duplo movimento da oração a Maria encontrou uma expressão privilegiada na oração da Ave-Maria:

"Ave, Maria (alegra-te, Maria)." A saudação do anjo Gabriel abre a oração da Ave-Maria. É o próprio Deus que, por intermédio de seu anjo, saúda Maria. Nossa oração ousa retomar a saudação de Maria com o olhar que Deus lançou sobre sua humilde serva, alegrando-nos com a mesma alegria que Deus encontra nela.

"Cheia de graça, o Senhor é convosco." As duas palavras de saudação do anjo se esclarecem mutuamente. Maria é cheia de graça porque o Senhor está com ela. A graça com que ela é cumulada é a presença daquele que é a fonte de toda graça. "Alegra-te, filha de Jerusalém... o Senhor está no meio de ti" (Sf 3,14.17a). Maria, em quem vem habitar o próprio Senhor, é em pessoa a filha de Sião, a Arca da Aliança, o lugar onde reside a glória do Senhor: ela é "a morada de Deus entre os homens" (Ap 21,3). "Cheia de graça", e toda dedicada àquele que nela vem habitar e que ela vai dar ao mundo.

"Bendita sois vós entre as mulheres, e bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus." Depois da saudação do anjo, tornamos nossa a palavra de Isabel. "Repleta do Espírito Santo" (Lc 1,41), Isabel é a primeira na longa série das gerações que declaram Maria bem-aventurada: "Feliz aquela que creu..." (Lc 1,45): Maria é "bendita entre as mulheres" porque acreditou na realização da palavra do Senhor. Abraão, por sua fé, tornou-se uma bênção para "todas as nações da terra" (Gn 12,3). Por sua fé, Maria se tornou a mãe dos que crêem, porque, graças a ela, todas as nações da terra recebem Aquele que é a própria bênção de Deus: "Bendito é o fruto do vosso ventre, Jesus".

Hino a Nossa Senhora da Anunciação
Letra e música: padre Geremias Gomes dos Santos

// Nossa Senhora da Anunciação
Rogai, rogai pela igreja em missão //

O anúncio que o anjo te fez
Deu origem a nova humanidade
Jesus Cristo tornou-se um de nós
Pra ensinar-nos a fraternidade

O teu filho foi crucificado
Por amor se fez pão partilhado
E na cruz encerrou a missão
Pra viver como ressuscitado

Eis Maria, a Rainha da Paz
O teu sim nos ensina a lição
De quem soube acolher com amor
A missão junto a Deus, Salvador

Giovanni Antonio Rodrigues escreveu mais versos:

És Maria, mãe da obediência
O teu sim nos ensina a lição
De acolher com amor a Jesus
E anunciar o Seu Reino aos irmãos


És Maria, nossa intercessora
Que roga por nós pecadores
Como fez na festa em Caná
A Jesus está a intermediar


És Maria, Mãe da Piedade
Que por suas dores nos mostrou
Que estar em missão nos exige
De coração uma entrega ao Senhor


És Maria, do divino amor
Que em sua vida experimentou
A presença do Espírito Santo
Hoje nosso consolador